13ª edição da Caprishow não atinge as expectativas de público e negócios. Transformou-se em uma pinguela

Ao poucos, a Caprihow de Dormentes vem perdendo o seu protagonismo de maior Feira de Caprinos e Ovinos da Região. As cidades de Santa Filomena e Afrânio já conseguem realizar um evento muito mais atrativo por parte dos expositores e criadores.

Neste final de semana passado, a Caprishow, mesmo com uma grande estrutura de som, palco e sonorização, não conseguiu atrair um grande público, já que segundo alguns frequentadores a grade de atrações foi a mais fraca desde sua primeira edição. Mesmo diante da fragilizada feira, o ponto maior da festa foi o lançamento do memorial do ex-prefeito Geomarco Coelho, que reuniu milhares de pessoas na sede da prefeitura para prestigiar a história do maior político de Dormentes.

Os camarotes de empresas que costumavam receber uma grande presença de amigos e convidados ficaram esvaziados pela falta de empolgação da grade musical. Já na feira de animais, a chiadeira é uma só com a falta de crédito para os agricultores para os pequenos criadores.

O NEPS (Núcleo de Educadores Populares do Sertão) também pôde mostrar boas alternativas de convivência como o Semiárido ao lado da unidade da Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – de Petrolina.

Deixe seu comentário