Adalberto Cavalcanti contesta consulta do Blog em Petrolina, mas cenário poderá voltar a ser positivo para ele como foi em dezembro

O deputado federal Adalberto Cavalcanti (Avante), contestou na manhã desta sexta, 11, durante entrevista ao programa Opinião, da Rádio Grande Rio AM, o resultado da consulta popular que o Blog contratou na corrida para a Câmara Federal em Petrolina-PE. A divulgação ocorreu na última quarta-feira, 9.

Segundo os números que não tem valor cientifico, se a eleição fosse hoje, entre os postulantes à Câmara Federal, em Petrolina, o deputado Adalberto Cavalcanti, que disputará a reeleição, teria 6% da preferência do eleitorado no cenário atual, ficando na quarta colocação entre os postulantes da cidade.

A consulta apontou, os deputados federais Fernando Filho (10%); primeiro, Gonzaga Patriota (9%), segundo; e Guilherme Coelho (8%), terceiro, como os mais lembrados pelo eleitor petrolinense quando o assunto for votar para deputado federal. Mesmo com críticas, Adalberto Cavalcanti deve levar em conta que esse é o cenário atual.

Em dezembro de 2017, também fizemos consulta e ele estava numa boa colocação do eleitor petrolinense na eleição para a Câmara. Então, o deputado pode observar os detalhes da consulta, e avaliar os pontos que o fizeram perder a dianteira na preferência do eleitoral da maior cidade do Sertão, na disputa para a Câmara dos Deputado. Ele pode inclusive oltar a pontuar em um cenário mais adiante.

Todo o levantamento foi feito por um instituto e profissionais tarimbados no assunto, localizados no Recife, capital pernambucana. “São estatísticos que fazem minunciosamente toda a abordagem da consulta popular. Cada número é analisado com muito critério, inteligência e seriedade. Tudo dentro do que exige a justiça eleitoral, dentro da legalidade”, frisou Ricardo Banana, editor geral do Blog.

Em consulta popular, Lucas Ramos desponta como pré-candidato a federal em Petrolina

Deixe seu comentário