Agricultores do Projeto Fulgêncio têm energia cortada e CODEVASF afirma que não renovará contrato com a CGB

O Projeto Fulgêncio, localizado no município de Santa Maria da Boa Vista , teve novamente, na tarde nesta quarta (09), a sua energia cortada na subestação que alimenta o sistema de irrigação. Tal corte é motivado pela falta de pagamento à Companhia Energética de Pernambuco – CELPE. A interrupção do serviço prejudicou os pequenos agricultores  do perímetro irrigado, que não sabem do futuro das suas áreas de plantação, bem como o escritório da CODEVASF.

Segundo informações colhidas pelo blog, a responsabilidade do pagamento é da CODEVASF -Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba. Essa anunciou que não renovará o contrato com a CGB. O contrato se encerra no próximo dia 15 de maio.

Informações do repórter Gilberto Pereira da Radio Orocó – FM

Deixe seu comentário