Anatel espera melhores serviços de celular no prazo de seis meses

O superintendente de Serviços Privados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Bruno Ramos, avalia que em seis meses os usuários de telefone celular já perceberão melhoria nos serviços de voz e dados.

Apesar da expectativa, Bruno Ramos informou que “não temos prazo” para suspender a medida cautelar determinada pela agência reguladora que proibiu temporariamente as operadoras TIM, Oi e Claro de vender novos chips e modems em vários estados a partir da próxima segunda-feira (23).

As operadoras têm que apresentar à Anatel um planejamento detalhado informando investimentos, aquisição de equipamentos, instalação de infraesturura e melhoria no atendimento ao usuário (call center).

O plano deverá conter indicadores e metas quanto à melhoria na prestação dos serviços, como, por exemplo, funcionamento da rede, qualidade das transmissões e redução das reclamações dos clientes. O superintendente afirmou que os planos das empresas terão publicidade e transparência para a população.

Sete executivos da Oi reuniram-se na manhã de hoje (20) com a direção da Anatel. Segundo o superintendente, “a reunião foi boa e a empresa mostrou empenho e foi proativa”. Apesar dessa avaliação, Bruno Ramos considera que a Oi, TIM e nem a Claro apresentaram de fato um plano de melhoria dos serviços. Ele espera que isso ocorra a partir da próxima semana quando as áreas de engenharia das telefônicas se reunirão com a Anatel. Há previsão de reuniões com as três operadoras e também com a Vivo, que não teve as vendas suspensas, para a próxima semana.

Após a reunião, André Borges, diretor de regulação e estratégia da Oi, disse que a empresa irá se manifestar por meio de nota.

Fonte: Agência Brasil

Blog do Banana

Deixe seu comentário