Busca Ativa do Programa Petrolina Cidadã cadastra famílias no município

Com o objetivo de identificar as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade no município de Petrolina, mais de 530 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) foram orientados através do ‘Busca Ativa’ , que faz parte do Programa Petrolina Cidadã, para atuarem nas residências dos moradores da cidade. Os profissionais de saúde já iniciaram as visitas domiciliares e com um pouco mais de um mês de análises já foram entregues vários cadastros.

Criado pela gestão municipal e lançado pelo prefeito Julio Lossio desde o início do ano, conforme assinatura do Decreto nº 004 de 11 de janeiro de 2012, o Programa Petrolina Cidadã reúne diversas secretarias municipais e demais órgãos com o objetivo de erradicar a miséria no município através de ações objetivas para a prospecção das famílias em situação de extrema vulnerabilidade social e sua inserção em programas governamentais locais e federais.

A ação será realizada em três vertentes: a busca ativa das famílias cuja renda per capita é igual ou menor que R$ 70 (setenta reais) mensais – consideradas abaixo da linha da pobreza; a capacitação em 32 cursos com caráter profissionalizante como gastronomia, corte e costura, cabeleireiro, entre outros; e o fomento ao associativismo, através do Banco do Empreendedor de Petrolina, que realizará o financiamento de micronegócios no setor de serviços.

Segundo o coordenador do Busca Ativa, Julio Costa, foram distribuídos aos ACS cerca de 80 mil cadastros para preencherem durante as visitas às casas dos moradores da cidade. “Já começamos a receber os materiais e já contabilizamos mais de 10 mil cadastros realizados, e destes, já foram devolvidos à sede do programa mais de 2 mil. A previsão é que no prazo de 60 dias essa apuração seja concluída e, posteriormente, haja o diagnóstico das famílias que se enquadram no perfil do programa, para se iniciar a aplicação dos cursos profissionalizantes “, avaliou Costa, que também orientou as famílias que os ACS estão devidamente fardados e que essa avaliação é feita pelo profissional que já atua em cada bairro.

O Programa Petrolina Cidadã terá a atuação do Governo Federal, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Instituto Federal de Ensino Superior Técnico (IFET), Faculdade de Ciências Aplicadas de Petrolina (Facape) e entidades do Terceiro Setor. A ação atuará ainda no Fomento à preservação ambiental, cadastramento de animais domésticos com aperfeiçoamento de vacinação, cadastramento de rebanhos e Potencializarão do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Fonte: Ascom PMP

Blog do Banana

Deixe seu comentário