Codevasf ensaia calote aos pipeiros que abasteceram caixa d’água de Uruás durante reintegração de posse no Projeto Pontal

A nossa redação foi procurada pelas famílias dos pipeiros que trabalharam para a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do Rio São Francisco e do Rio Parnaíba – Codevasf. Eles abasteceram a caixa d’água de Uruás durante a reintegração de posse do Projeto Pontal. Os profissionais estão tementes a calote, já que a entidade não dá uma posição para o pagamento, em função da falta de recursos.

“Nossos esposos ficaram endividados no postos de combustíveis, em função dessa prestação de serviço para Codevasf, e, até o momento, a direção da empresa não deu nenhuma previsão de pagamento. Por que, então, contrataram?”, questionou.

Com a palavra, a Codevasf.

Deixe seu comentário