Com salários dos servidores atrasados, Ricardo Ramos faz reunião de emergência com secretariado

Na noite da ultima  terça-feira (26) o Prefeito Ricardo Ramos  reuniu de forma emergencial todo o secretariado em seu gabinete para fazer o balanço do primeiro ano da sua segunda gestão e preparar as perspectivas e cronograma de planejamento para 2018. O prefeito que vem sendo alvo de criticas  por não manter o salários dos  em dia.

 Segundo a comunidade as medidas de controle fiscal não permitiram à Ouricuri atravessar um ano de crise financeira nacional com as contas equilibradas  mesmo realizando entregas de Obras e Serviços e esquecendo de colocar os vencimentos dos servidores em primeira prioridade.

O prefeito destacou a importância do trabalho conjunto das secretarias para ajudar a população do Ouricuri e não descontinuar os serviços essenciais à população. O gestor destacou ainda as maneiras que podem ser encontradas para amenizar as desigualdades e driblar as dificuldades da crise econômica. “Este ano foi um ano muito desafiador, mas não encaramos as dificuldades como problemas e sim como desafios a serem superados. Ouricuri chega ao final de 2017 com muito trabalho, muita dedicação, muito apoio do povo e vamos construir um 2018 ainda melhor”, avaliou o prefeito Ricardo Ramos.

“Apesar do ano duríssimo, as medidas que tomamos nos possibilitou todas essas ações. A Prefeitura pagou o 13º salário do funcionalismo, medida que muitas das prefeituras e governos não estão conseguindo fazer”, afirmou o prefeito.

ASCOM

Deixe seu comentário