Comunitário de Isacolandia diz que vereador Domingos de Cristália mente sobre ter se livrado de processos

Julio César Monteiro, liderança comunitária de Izacolândia, zona rural de Petrolina, desmente o vereador Domingos de Cristália, do PSL,  sobre o parlamebtar ter postado em suas redes sociais que tinha se livrado de dois dos três processos que responde na justiça eleitoral. Devido manifestaçoes do vereador nas redes sociais e na midia local, sobre o ganho de processo no juizado especial, Julio Cesar rebate o desafeto.
Ele diz que o vereador quer aparecer, mas que inequivocamente comemora uma decisão que foi em seu desfavor. Conforme Julio, o Juiz extinguiu o merito da ação dos pedidos apostos contra o vereador e não julgou alegando conflito de compentecia, por nao fazer parte daquela vara judicial.
“A sentença proferida foi contra os pedidos contra posto pelo vereador aos pedidos de danos morais pela qual no mesmo pedido Domingos interpos uma ação de dano morais,  me acussnfo de ter jogado nas ruas da comunidade panfletos alegando que ele trocava empregos na prefeitura por relação com as mulheres. O pedido e acusação do vereador foi impugnado, julgado improcedente, pois segue o merito da materia na justiça comum, para atestar as açoes dos atos criminosos e csluniosos contra ele”, relatou Julio César.
O comunitário ainda explica que o vereador foi deflagrado em juizo ofertando R$ 10 mil para a testemunha do Juizo omitir informaçoes verdadeiras, e acrescenta que “o mesmo vereador foi surpreendido com provas reais de conversas no facebook ja confirmada pela justiça, em que o vereador treinava a testemunha da justiça com ofertas de 10 mil pra mentir”.
Ainda deflagran-se audios de telefone e conversas de whatsaps que comprovam as mesmas informaçoes, conta Julio, continuando que tais fatos tentam obstruir a justiça e comprova o ato criminoso que aguarda julgamento do merito.
Segundo Julio Cesar, as provas são evidentes e se encontram em processo eleitoral.
Deixe seu comentário