Dallagnol não tem coração

A reação agressiva do coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan “Power Point” Dallagnol ao indulto de Natal assinado por Temer, que aumenta a quantidade de presos indultados me leva a suspeitar que o jovem causídico não tem coração.

Também não tem ideia do que se passa dentro dos presídios brasileiros, que estão superlotados e que o indulto mais abrangente significa celas menos abarrotadas, portanto melhoes condições para os presos e  economia para os cofres públicos que terão menos presos para sustentar.

Não entendo como uma pessoa com a formação de Dallagnol não consegue ver aí uma boa medida.

Vai favorecer condenados por corrupção – alguns – mas vai favorecer uma maioria de não condenados pela Lava Jato.

Dallagnol parece ter assumido definitivamente o papel do comandante de uma cruzada irracional para a qual quer arrastar toda a nação.

Na sua concepção, “combate à corrupção” é tão fundamental que em nome dele vale destruir tudo: a constituição, o estado de direito, a democracia e até o indulto de Natal.

E – se ele for em frente – o que ainda resta do país.

Deixe seu comentário