Dobradinha de Marília Arraes com Cristina Costa poderá gerar insatisfações com Tereza Leitão e Carlos Veras

Depois da passagem da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffman, por Pernambuco, concedendo entrevista coletiva juntamente  ao governador Paulo Câmara (PSB), acendeu-se a luz da aliança do PT com o PSB  no âmbito nacional.  Tal fato também pode ter aberto o novo caminho do projeto pessoal de Marília Arraes, que  já  articula nos bastidores a sua pré-candidatura a deputada federal, dobrando com Cristina Costa para estadual, gerando uma verdadeira instabilidade das pré-candidaturas de Tereza Leitão e Carlos Veras .

O que se comenta no meio político do estado é que Marília Arraes, mais uma vez, estaria atropelando o processo, sem respeitar as candidaturas já postas, como a da deputada estadual Tereza Leitão, que a busca a reeleição, e do seu principal fiador no movimento sindical, Carlos Veras, que poderia contar com apoio exclusivo da neta de Arraes.

Com isso, Marília vai se perdendo dentro dos diálogos e deixando de lado a história de seu primo Eduardo Campos e de seu Avó Miguel Arraes, que sabiam conduzir o processo político respeitando os espaços e os aliados, e sempre abrindo porteiras, não fechando!

Blog do Banana

Deixe seu comentário