Economia brasileira cresce 2,6% em 2011 ante 7,5% em 2010, diz Serasa

O nível de atividade econômica do país fechou o ano passado com alta de 2,6%, bem abaixo da expansão de 7,5% apurada em 2010 e a segunda menor taxa de crescimento desde 2004, informou nesta sexta-feira (24) a Serasa Experian. O resultado foi pressionado pelo fraco desempenho do setor industrial.

De acordo com a empresa de análise de crédito, o primeiro semestre de 2011 registrou aumento de 3,8% na atividade, influenciado pela elevada base de comparação anual.

Já na segunda metade do ano o crescimento foi de apenas 1,5%, afetado pelo cenário de juros altos e agravamento da crise financeira internacional. O resultado fechado de 2011 só foi melhor que a queda de 0,3% vista em 2009.

No último ano, o setor agropecuário foi destaque, com crescimento de 3,5%. O setor de serviços teve expansão de 2,7%, enquanto o industrial segurou o desempenho econômico, com alta de apenas 1,6%.

“O câmbio valorizado, os juros elevados e a concorrência dos produtos importados afetaram negativamente o desempenho deste setor da economia”, afirmaram os economistas da Serasa, em nota.

Fonte: Uol.com

Blog do Banana

Deixe seu comentário