ENTREVISTA COLETIVA

A Controladoria e Procuradoria do Município concedem entrevista coletiva amanhã, quinta (10) às 10 horas, para falar sobre irregularidades constatadas no contrato de financiamento e termos aditivos firmados entre o Município de Petrolina e o BNDES. O financiamento firmado, mediante abertura de crédito, no 01.2.516.2.1, foi de um valor global de R$ 30.323.240,00, destinado à implantação de Projeto Multissetorial Integrado em Petrolina. O evento acontece na sala da Controladoria.

Por força desse contrato, o Município já pagou cerca de R$ 50.260.849,59, sendo que somente a atual gestão (desde 2009) já arcou com o valor de R$ 26.548.194,40.

Em recente julgado (AGTR122288-PE), o Tribunal Regional Federal da 5a Região manteve decisão liminar concedida pelo Juízo da 17a Vara Federal de Petrolina no sentido de suspender qualquer cobrança (inclusive a utilização da garantia prevista na Cláusula sétima do Contrato) relativa ao contrato e às operações de créditos contratadas através dos Termos aditivos, bem como de incluir o nome do Município nos cadastros de inadimplentes.

Com isso, o Município de Petrolina deixou de desembolsar a quantia mensal em torno de mais de R$ 560.000,00.

SERVIÇO-

ENTREVISTA COLETIVA

DATA-10.05.12

HORÁRIO- 10h

LOCAL- Na sala de reunião da Procuradoria(sede da Prefeitura Municipal)

Blog do Banana

Deixe seu comentário