Exclusivo: INCRA entrega 101 “Títulos de Posse de Terra” em Petrolina para marcar o Dia da Titularização, que vai permitir créditos maiores para os assentados

Para marcar o Dia da Titularização, a superintendência do INCRA em Petrolina reuniu mais de mil famílias, na noite desta quinta (05), no SENAI, em Petrolina, para iniciar o processo de regularização fundiária dos pequenos agricultores do sertão do São Francisco.  Segundo o superintendente da entidade, Bruno Medrado, o INCRA nunca tinha realizado esse tipo de ação aqui em  nossa região.

“Estamos aqui entregando, pela primeira vez na história do INCRA em Petrolina, os primeiros títulos definitivos. São 101 famílias recebendo o título, o que vai permitir que elas voem com as próprias asas e possam contratar créditos maiores. Além disso, terão posse, no nome delas, um beneficio esperado  há mais de 20 anos”, esclarece.

Para Bruno, o erro histórico do INCRA, durante todo esse tempo, foi não ter priorizado essa política de regularização fundiária, que é tão importante para os assentados. O ato, que contou com a presença do deputado federal Augusto Coutinho (SD), vai beneficiar, nessa primeira etapa, os assentamentos São José do Vale, São Francisco e Mansueto de Lavor, que representam mais de 600 Hectares, produzindo e contribuindo para a economia da região.

“Esse passo que o INCRA está dando, com esse título de posse, vai fazer com que a produção desses assentamentos, no mínimo, duplique. Eu tenho uma alegria muito grande em fazer parte dessa história, já que o INCRA de Petrolina está em segundo lugar no Brasil em liberação de créditos”, afirmou.

“São quase 10 milhões investidos nos assentamentos de jurisdição do INCRA de Petrolina nos anos de 2017 a 2018”. Segundo Medrado, essas linhas de investimentos são orientadas e determinadas pelo presidente nacional do INCRA Leonardo Góes: “O presidente prioriza créditos para que as famílias possam produzir e títulos para que os assentados possam ser dona da própria área”, finalizou.

Presente ao ato, o deputado federal Augusto Coutinho, que cumpriu uma agenda institucional na cidade, avalia a ação como um avanço muito grande da superintendência de Petrolina conduzido por Bruno Medrado e sua equipe. “O tempo saberá reconhecer aqui em Petrolina. Toda a área da SR 29, por exemplo, nunca tinha entregado um título de posse. Esse ato aqui hoje é o fim do ciclo da reforma agrária”, afirmou.

Blog do Banana

Deixe seu comentário