“Literalmente ela era uma guerreira”, disse o ex-prefeito de Cabrobó e sobrinho de Dona Duzinha, Auricélio Torres

Diversas personalidades dão o adeus a dona Duzinha que faleceu na tarde desta segunda-feira, 7 de maio, após sofrer uma fatalidade quando ia fazer um procedimento hospitalar no seu coração em um hospital na cidade de João Pessoa, na Paraíba.

O corpo de dona Duzinha está sendo velado na Câmara de vereadores de Petrolina, desde às 8h da manhã, desta terça, (8). Amigos, familiares e comunidade se despendem da matriarca do social petrolinense. Entre as personalidades, o ex-prefeito de Cabrobó, Auricélio Torres, que é sobrinho da falecida.

“Ela apesar de ficar viúva muito cedo e com 10 filhos, lutou até os últimos dias de vida pelos seus filhos e por pessoas menos favorecidas. O legado social de tia Duzinha vai permanecer e será continuado por nossa família, literalmente ela é uma eterna guerreira”, pontuou o sobrinho Auricélio Torres.

Deixe seu comentário