Marília Arraes continua atropelando o partido ao anunciar coordenação de programa de governo, diz Zé de Oliveira

Pré-candidato na disputa do PT ao governo de Pernambuco, o militante histórico Zé de Oliveira, criticou nova postura da vereadora Marília Arraes que sem o partido escolher o nome para a disputa, pois existe a posição de uma aliança com o PSB para reeleger o governador Paulo Câmara, anuncia coordenação de programa de governo quando essa condução se faz junto com o partido internamente e ouvindo o conjunto da sociedade quando for escolhido o nome para disputar o governo entre os petistas.

O nome que a petista escolheu para coordenação é o jurista Cláudio Ferreira, segundo informações publicadas na imprensa. Zé de Oliveira rechaçou a postura que classifica precipitada e deslocada do que discute o conjunto do PT como um todo para a disputa interna.

“A responsabilidade de sistematizar programa de governo é da direção do PT estadual que vai fazer, com a escolha do nome na disputa, ouvindo a sociedade em áreas como educação, saúde, políticas para mulheres, crianças, juventude, economia, infraestrutura, um conjunto de propostas que a sociedade precisa ser ouvida e o PT como receptor, vai elaborar para ser devolvida à sociedade, após a escolha da candidatura e não da aliança. Então o entendimento que tenho como pré-candidato é que essa escolha se dará após dia 27 ou 29 de julho”, avaliou Zé de Oliveira.

Deixe seu comentário