Marin é condenado em seis dos sete crimes dos quais era acusado nos EUA

O ex-presidente da CBF José Maria Marin, acusado de corrupção no caso Fifa, foi considerado culpado em seis dos sete crimes dos quais era acusado pela Justiça do Estados Unidos. A pena ainda não definida pelo tribunal.

Os jurados condenaram Marin pelos crimes de organização criminosa, fraude financeira e lavagem de dinheiro em contratos da Copa Libertadores e da Copa América.

Marin pode ser condenado a até 120 anos de reclusão caso receba a condenação máxima pelos crimes dos quais foi acusado. O julgamento também alimenta as expectativas em trno de outros acusados como o do também dirigente afastado da CBF, Marco Polo Del Nero. (247)

Deixe seu comentário