Marin quer evitar “truques” e “estranhos” nos Jogos e vai monitorar lista da seleção

José Maria Marin (esq.) cumprimenta Romário; dirigente cutuca Mano MenezesO presidente da CBF, José Maria Marin, disse que pretende monitorar a lista de convocados do técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, para os Jogos Olímpicos de Londres, para evitar que atletas desconhecidos estejam presentes.

Em entrevista ao jornal “O Estado de São Paulo”, o dirigente diz que sua vista ajudaria a evitar “elementos estranhos no grupo”.

Ele diz que apenas os melhores devem ser chamados e que conhece bastante futebol a ponto de saber quem deve estar nas listas. “Todos sabem quem são os melhores”, falou o dirigente.

“Já vimos listas que eu mesmo tinha dificuldade para saber quem era um determinado jogador. A diferença é que sou do meio. Conheço todos os detalhes”, falou.

“Não adianta me dizer que tal ou tal jogador está estourando num campeonato totalmente desconhecido. Conheço todos os truques”, continuou.

Mano já foi questionado por algumas convocações, sobretudo por atletas que atuam nos clubes do Leste Europeu. Fernandinho, do Shaktahr Donetsk, da Ucrânia, foi titular nas últimas partidas da equipe.

O meio-campista deixou o Atlético-PR em 2005 e desde então pouco se falou sobre seu desempenho na Europa. O mesmo vale para o meia Jadson, hoje no São Paulo. Ele foi para o mesmo clube ucraniano no fim de 2004 e no ano passado foi convocado para a Copa América.

Este ano, Jadson foi contratado pelo São Paulo e está atualmente na reserva.

Marin também disse que não convocaria o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho, do Flamengo, para os Jogos Olímpicos de Londres.

Fonte: UOL

Blog do Banana

Deixe seu comentário