Memorial aos Pracinhas será inaugurado nesta quarta-feira

Para homenagear os ex-combatentes que participaram da Segunda Guerra Mundial, conhecidos como Pracinhas, nesta quarta-feira (04), às 18h, a Prefeitura Municipal de Petrolina, por meio da Secretaria de Cultura, irá inaugurar o Memorial aos Pracinhas, construído na Praça Kennedy, em frente ao Colégio Pio XI, no Centro da cidade. O monumento faz uma alusão simbólica ao ano de 1945, final da guerra, quando foi travada a Batalha de Monte Castello, que marcou a presença da Força Expedicionária Brasileira (FEB). O memorial tem como objetivo reconhecer o esforço e a bravura dos ex-combatentes brasileiros da Segunda Guerra Mundial, em especial, aqueles que se instalaram na região do Vale do São Francisco no pós-guerra, dos quais muitos tornaram-se cidadãos de Petrolina de coração, assim como vários outros que aqui chegam anualmente.

A solenidade de inauguração contará com a presença do prefeito de Petrolina, Julio Lossio, além de representantes do Exército Brasileiro e dos ex-combatentes que residem na região. Dos 51 ex-combatentes, a maior parte que já faleceu e atualmente 13 ainda residem na região. Segundo o prefeito, “é importante registrar e valorizar a história daquelas pessoas que contribuíram bravamente para a liberdade do nosso país. E a maneira que encontramos foi imortalizarmos esta passagem histórica, através da construção de um monumento”, explicou Julio Lossio.

O monumento foi construído pelo escultor juazeirense, Ledo Ivo, que levou três meses para a conclusão do memorial, que é composto por ferro, cimento, pó de pedra, fibra de vidro, pigmentos e resina acrílica. Filho de um ex-combatente, Aureliano Filho, salientou o importância da obra. “Meu pai, Aureliano Cardoso dos Santos, foi um dos combatentes da Batalha de Monte Castello, na Segunda Guerra Mundial, ele se sente muito feliz por estar sendo homenageado neste momento, pois muitos anos passaram-se sem que ninguém falasse nada sobre esses guerrilheiros que arriscaram suas vidas para defender a Nação”, afirmou.

Secom Petrolina

 

Blog do Banana

 

Deixe seu comentário