Mês de agosto leite integral continua com aumento de preço na cesta básica

A cesta básica de alimentação apresentou na comparação do mês de agosto de 2018 com julho, deflação de -1,09%, em Petrolina. No acumulado dos últimos doze meses apresenta inflação de 2,55%. No ano de 2018, porém, apresenta deflação de -0,72%. A pesquisa do custo da Cesta Básica do Colegiado de Economia da FACAPE estimou o custo no mês de maio em R$ 291,54, no município pernambucano.

Em Petrolina, o preço do leite integral continua subindo em ritmo desacelerado. O motivo é a entressafra, que reduz a oferta de leite no campo. O Pão Francês teve um pequeno reajuste pelo segundo mês consecutivo devido os aumentos dos custos de produção, tanto da farinha de trigo quanto da energia elétrica, segundo o DIEESE. No caso da Farinha de Mandioca, existe baixa oferta da matéria prima. Contudo, a tendência é de que este pequeno aumento seja pontual e que os preços reduzam nos próximos meses. No caso das carnes, é a segunda redução consecutiva. O aumento da oferta interna pressiona o preço para baixo.

Ascom Facape

Deixe seu comentário