Noam Chomsky: com Lula, o Brasil foi o país mais respeitado do mundo

O intelectual e ativista norte-americano Noam Chomsky afirmou que “existem problemas com a democracia no Brasil” e defendeu que “por direito” o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mantido como preso político, deveria ter tido o direito de disputar as eleições presidenciais.

“Há problemas com a democracia no Brasil, problemas contundentes, e não podemos deixar de lado o fato de que Lula deveria ser, por direito, candidato no Brasil”, afirmou Chomsky durante sua participação no seminário “Ameaças à Democracia e à Ordem Multipolar”, realizado pela Fundação Perseu Abramo.

Chomsky afirmou que conheceu Lula há 20 anos, antes dele ganhar as eleições, e disse ter ficado impressionado com sua figura. “E venho mantendo essa impressão ao longo dos anos”, completou. Chomsky relembrou que “o Brasil viveu o sonho de ser o ‘colosso do sul’ há poucos anos, quando se tornou o país mais respeitável do mundo sob a liderança do presidente Lula e Celso Amorim. Não se deve subestimar os obstáculos, mas também não podemos minimizar a capacidade do espírito humano em superar e prevalecer”.

 Confira:

(247)

Deixe seu comentário