Policiais da Rondesp usaram bombas de gás durante ato na à ponte Presidente Dutra para reprimir trabalhadores rurais

Após o  Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realizarem evento pacifico com facões nas mãos durante protesto a em  favor do ex-presidente Lula na ponte Presidente Dutra, que liga as cidades de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), policiais da Rondesp foram acionados para reprimir os manifestantes.

Várias viaturas chegaram ao local e até bombas de gás lacrimogêneo foram usadas pelos  os policiais. Só lembrado que os policiais são subordinados ao governador Ruy Costa(PT)

Deixe seu comentário