Prefeitura articula obra para combater alagamento em ruas da zona norte de Petrolina

A Prefeitura de Petrolina iniciou, nesta quinta-feira (17), uma obra para solucionar um ponto crítico de drenagem  na avenida Antônio Estevão dos Santos, na divisa entre os bairros João de Deus e Jardim São Paulo, na zona norte da cidade. O local, entre as ruas Jayme Aquino e 04, registrava sérios transtornos em tempos de chuva e agora está recebendo uma intervenção que vai diminuir a possibilidade de alagamentos na área. A expectativa é que o trabalho, realizado pela JB Construções e Engenharia, responsável pela construção do Residencial Jardim São Paulo, seja concluído dentro de 30 dias.
Todo o problema surgiu quando uma vala irregular e emergencial foi feita num terreno próximo de onde se localiza o Residencial Jardim São Paulo. Só que em vez de resolver, a situação se agravou depois que o local foi pavimentado há cerca de três anos, como explica o gerente da JB Construções e Engenharia, Ricardo Simões. “Não sabemos explicar, mas o serviço não feito como deveria, o que resultou num acúmulo de água na área, causando transtornos à população. O serviço executado também não foi de qualidade adequada, visto que em pouco tempo o pavimento do trecho em tela estava cheio de buracos e rachaduras”, detalha Simões.
Comprometidos em resolver a problemática da drenagem, a Prefeitura de Petrolina estabeleceu diálogo com a empresa a fim de encontrar a solução mais adequada para o problema. Um encontro entre a direção da JB Construções e Engenharia e o secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Eduardo Carvalho, que representou o prefeito Miguel Coelho, estabeleceu  a parceria. “Nós buscamos aqueles que assim como a Prefeitura estavam interessados em resolver o problema. Cada um definiu o que poderia ser feito e, com a união de todos, estamos começando essa intervenção a fim de que nenhuma família seja prejudicada pela chuva novamente naquela região”, destaca Carvalho.
INTERDIÇÃO
Como todo o pavimento antigo está sendo removido para que a base da pavimentação seja refeita e posteriormente finalizada com concreto, o trecho da avenida já se encontra interditado para o tráfego de veículos. A liberação, só deve ocorrer depois do período de 30 dias, tempo necessário para a realização da obra e do tratamento do concreto, popularmente conhecido como “cura”. A orientação da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) é que os condutores evitem o trecho da avenida Antônio Estevão dos Santos, entre as ruas Jayme Aquino e 04, e circulem pelas vias paralelas.
Ascom
Deixe seu comentário