Prefeitura de Petrolina pede ao MEC mais recursos para a Univasf

Nesta quinta-feira (05) a prefeitura de Petrolina enviou um ofício ao Ministério da Educação (MEC) solicitando a suplementação de recursos para o seu custeio da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). De acordo com dados da instituição, a Univasf já recebeu neste ano pouco mais de R$ 11 milhões para custear todas as despesas, mas se faz necessária a suplementação de R$ 6.320.995,73 milhões.

Ainda segundo dados da Universidade, no ano passado o governo destinou pouco mais de R$ 18 milhões e que uma redução para R$ 11 milhões seria prejudicial. Por isso, diante do crescimento da Univasf, a prefeitura de Petrolina solicitou ao ministro da Educação, Aloizio Mercadante, que o lançamento da proposta orçamentária relativa à 2012, limite destinado ao Funcionamento dos Cursos de Graduação da UNIVASF, não seja inferior a R$ 17.997.909,73 milhões, excluídas as despesas com pessoal, encargos sociais e os recursos de outras fontes.

Além disso, a gestão municipal pede que sejam criadas 240 vagas de técnicos administrativos nas Instituições Federais de Ensino (IFES), cuja distribuição de cargos será apresentada oportunamente. Vale salientar que atualmente a Univasf possui oito campus instalados nas cidades de Petrolina-PE, Juazeiro-BA, São Raimundo Nonato – PI e Senhor do Bonfim-BA, 392 professores, 4.580 alunos e 283 funcionários.

Ascom Prefeitura de Petrolina

Blog do Banana

Deixe seu comentário