Sem cumprir metas, Ruy Wanderley quer COMPESA municipalizada pelo governo Miguel Coelho

O vereador Ruy Wanderley (PSC) – líder do governo “Novo Tempo na Casa Plínio Amorim – em entrevista ao blog na sessão extraordinária nesta segunda (08), o parlamentar soltou o verbo contra a Companhia de Saneamento de Pernambuco – Compesa.

Segundo Ruy, a entidade vem prestando um desserviço  a  população petrolinense e não cumpriu o pano de meta prometido, ainda, em 2007 na gestão do ex-prefeito Odacy Amorim.

Já no início de 2018, Ruy Wanderlei renovou as sua criticas em um  discurso contundente sobre o  mau serviço que  a Compesa  presta em Petrolina “ Eu não fiz a critica pessoal ao gestor da Compesa, João Rafael, nem ao governador, fiz a critica ao serviço porque o povo está reclamando em todos os cantos de Petrolina da Compesa quando falta  água e quando estoura um esgoto, principalmente, pela demora em resolver os problemas” esclareceu.

O parlamentar chamou atenção para seu grupo politico,  quando  fez as criticas ao governo do estado sobre a Compesa. “ Independe de  ser aliado ou não, agente precisa ter a coragem de mostrar para Petrolina os erros e onde estão. Vou continuar criticando e agora  o prefeito Miguel Coelho tem a oportunidade de  retomar os serviços da Compesa diante da decisão do STF – Supremo Tribunal Federal e fazer uma experiência nova e de testar para saber se município é capaz de gerir esses serviços”, finalizou.

Caso aconteça a retomada dos serviços que  já  são garantidos pelo Marco Regulatório de 2007, a receita ficará só em Petrolina, diferentemente de hoje que os recursos  ajudar a bancar muitas cidades de pequeno porte do sertão.

Deixe seu comentário