Tacla Duran diz que Moro sabia seu endereço

Em um depoimento à defesa do ex-presidente Lula, divulgado em vídeo no site Verdades de Lula, o ex-advogado da Odebrecht Rodrigo Tacla Duran afirma que o juiz Sergio Moro conhece, sim, o endereço dele na Espanha.

O argumento rebate o que apontou o próprio juiz de Curitiba no despacho em que nega pela terceira vez o pedido do advogado Cristiano Zanin Martins, que defende Lula, para que Tacla Duran fosse ouvido como testemunha no processo contra o ex-presidente.

“Com todo o respeito que o juízo merece, eu respondi a um processo de extradição, compareci a todos os atos, sempre eu fui localizado. Meu endereço na Espanha é o endereço da minha família há mais de 20 anos. Está no meu documento de identidade que o juiz de Curitiba com certeza tem cópia, e o Ministério Público também tem cópia”, diz Tacla Duran.

“Isso é tão estarrecedor que no dia 4 de dezembro, aqui em Madri, a Procuradoria do Paraná encaminhou um pedido para a Espanha para me ouvir, na qual os procuradores do Brasil se comprometiam a vir para Madri para tomar meu depoimento. Eu fui à audiência nacional para atender essa rogatória do Brasil na semana passada, entretanto os procuradores não vieram”, relatou ainda o advogado.

“Eu compareci e eles não compareceram”, comentou o ex-advogado da Odebrecht, sobre o pedido que os procuradores da Lava Jato provavelmente fizeram antes de saber o que Tacla Duran tinha a dizer.

Tacla Duran afirmou ainda que pode depor como testemunha na Lava Jato e que tem elementos para colaborar com a “verdade dos fatos”. Assista abaixo a este trecho do depoimento:

247

Deixe seu comentário