UPAE/IMIP de Petrolina ressalta o papel do psicólogo na assistência integral à saúde

Quando se fala em saúde, pensa-se logo no bem-estar físico. A saúde mental, mesmo nos tempos atuais, ainda é bastante negligenciada na sociedade brasileira. Temas como o suicídio, por exemplo, chegam a ser tabu e o assunto é, muitas vezes, evitado pela mídia. Mas, o fato é que o conceito de saúde integral foi ampliado, tendo incorporado novas formas de atenção à saúde.
Por isso, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) destaca a importância da multidisciplinaridade na assistência, com destaque para o papel do psicólogo, visto que neste dia 27 de agosto, comemora-se o marco da regulamentação da profissão, oficializado tardiamente em 2016.
O trabalho de psicólogos em instituições de saúde teve início com a proposta de integrar a psicologia na educação médica, cujo objetivo principal era trazer mais humanização aos atendimentos. Depois, estes profissionais passaram a construir modelos alternativos aos hospitais psiquiátricos e em 1980 começaram a surgir os primeiros concursos públicos, passando o psicólogo clínico a ser parte importante da equipe de saúde.
“Hoje, já se entende que a psicologia contribui com o bem-estar de indivíduos, comunidade e da população. Os aspectos da saúde física e mental não podem mais ser concebidos separadamente. A psicologia envolve diversos ramos das ciências sociais, da saúde e está em constante evolução”, ressalta a psicóloga da UPAE, Tatiany Torres.
“Fazemos parte de um sistema de saúde em rede, que busca superar o isolamento dos serviços em níveis de atenção. Por isso, a UPAE, que oferece serviços especializados, faz questão de contar com este profissional, expandindo o acolhimento e a clínica ampliada”, destaca a coordenadora geral, Grazziela Franklin, já parabenizando a todos os profissionais pelo seu dia.
Ascom
Deixe seu comentário