“Vou permanecer no PMDB, fazendo meu papel de oposição na Câmara. Se quiser, que me expulsem”, provocou Paulo Valgueiro sobre ficar no partido junto com o senador FBC e seu grupo

O vereador Paulo Valgueiro, do PMDB, líder da oposição na Câmara de Vereadores de Petrolina, afirmou em entrevista nesta terça, 19, que não tem nenhum plano de deixar o partido que revela integrar desde o início de sua carreira na vida pública há mais de 20 anos.
Paulinho provoca com essa decisão, o grupo adversário na política municipal liderado pelo senador Fernando Bezerra Coelho que passará a comandar a sigla na região e talvez no estado com decisão prevista para janeiro..
“Minha vida é marcada pela consciência. Estou no PMDB há mais de 20 anos, Se quiserem que me tirem. Se continuar com essa conjuntura atual, infelizmente terei que sair lá para 2020 quando tiver a janela partidária. Mas até lá, vou continuar fazendo a mesma oposição, zelando pelo erário publico, cumprindo com meu papel e o pessoal quem venha, assumir o partido não irá me amedrontar de jeito nenhum”, registrou o líder da oposição na Casa Plínio Amorim..
Deixe seu comentário