Carne de bode será inserida na alimentação escolar da rede municipal de Petrolina‏

Com objetivo de oferecer uma alimentação mais saudável para as crianças do município de Petrolina, foi discutido na manhã de hoje (23), no Gabinete Municipal, a inserção do leite de cabra nas refeições distribuidas nas unidades de acolhimento do Programa Nova Semente e a carne de bode na merenda escolar da Rede Municipal de Ensino. A reunião ocorreu entre o Prefeito Julio Lossio e representantes do Sindicato dos Agricultores de Petrolina, das Associações de Agricultores dos Assentamentos Mandacaru, Lindolfo Silva e Cabaceiras, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e da Projetec, e o gerente da Secretaria de Irrigação, Clefson Sena.

Além de dialogarem sobre a valorização da carne de bode e leite de cabra como suplementos alimentares para as crianças, foi definido a criação do Selo de Inspeção Municipal (SIM), que será solicitado pelo Executivo e enviado à Câmara Municipal de Vereadores nesta sexta-feira, para posterior aprovação. Com a conquista do SIM, os alimentos cultivados na região terão maior reconhecimento de qualidade pelos consumidores.

Preocupado com o crescimento saudável das crianças do município, o prefeito Julio Lossio descreve a escolha dos alimentos que serão inseridos no cardápio escolar. “Estamos introduzindo na alimentação escolar da Rede Municipal de Ensino e nas unidades do Nova Semente dois alimentos muito importantes para o fortalecimento da caprinovinocultura: a carne de bode que possui muita proteína, e o leite de cabra, com ótimo valor nutricional. Além dos benefícios alimentares, essa ação é uma forma de valorizarmos o semiárido e o homem do sequeiro que tem nessas atividades sua fonte de renda”, reforçou o prefeito.

Durante a reunião, o prefeito Julio Lossio também discutiu a criação do Selo de Inspeção Municipal (SIM) que auxiliará a comercialização dos produtos regionais. “Já encaminhamos a documentação hoje para ser votada na Câmara Municipal de Vereadores, e será algo que favorecerá muito os produtores de queijo, leite, carne. Essa é uma forma de oferecer mais segurança para a saúde da população contribuindo também para o desenvolvimento da agricultura familiar na cidade”, intensificou.

Segundo a coordenadora do PAA, Maria José do Santos, tanto a conquista do SIM, quanto a utilização da carne de bode e do leite da cabra serão oportunidades de reconhecimento dos produtores locais. “A aquisição do Selo Municipal de Inspeção abre um leque para vários programas de segurança alimentar e possibilitará que os agricultores possam trabalhar com todos os itens exigidos nos editais de programas de alimentação, inclusive o PAA que será lançado por um período de cinco anos pelo Ministério de Desenvolvimento Social. Então, tanto a inserção da carne de bode na alimentação escolar como o SIM são conquistas para nosso município”, afirmou.

Texto: Élida Maria

Foto: Gilson Pereira

blog do Banana

Deixe seu comentário