Cabrobó pretende implantar centro de serviços de convivência no antigo escritório da transposição para ampliar atendimento das políticas sociais do município

Priorizando a gestão pública como forma de promover a igualdade social no município, a Prefeitura de Cabrobó, no Sertão de Pernambuco, por meio da Secretaria da Assistência Social, elabora novas ações em benefício da população e, com isso promover uma ampliação no número de famílias atendidas. De acordo com o secretário municipal da Assistência Social, Paulo Gonçalves, dentro das prioridades do plano de gestão, elaborado pelo Governo Marcílio Cavalcanti, destaque para a construção de novos equipamentos na área social, já entregue aos cabroboenses.

Outro grande desafio para a atual gestão municipal na área social, será a construção de um centro de serviços de convivência, um espaço dotado de várias atividades para crianças, jovens, idosos e a população atendida pelos projetos sociais do município. “Esse é um grande desafio. Atender os serviços de convivência. A construção de um centro que ficará nas instalações onde funcionou o escritório da transposição e que estão ocioso. Essa é nossa prioridade atualmente”, frisou Paulo Gonçalves.

Ações como a inauguração do Cras (Centro de Referência em Assistência Social) e a implantação do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, (ambos localizados no Bairro da Temperatura), também estão inseridas no balanço e atuação da pasta na gestão do prefeito Marcílio Cavalcanti. A cidade dispõe de mais dois Cras: o do bairro Subestação e o único Cras indígena de Pernambuco para acompanhamento da comunidade carente que envolve crianças, adolescentes e idosos.

“A pedido do prefeito, desenvolvemos um importante trabalho em prol do social.  Vamos ampliar nossas ações, porque a gestão está focada no coletivo”, pontuou Paulo Gonçalves. Outro foco da pasta Social da Prefeitura é incluir as famílias que são atendidas em programas como o Bolsa Família que em Cabrobó somam cerca de 20 mil pessoas ou 6 mil famílias. “Nosso trabalho de oficias e cursos serve para que essas famílias possam se qualificar e assim possam, sair do programa após conquistar essa capacitação profissional”, contou o titular da Assistência Social em Cabrobó. (Ascom)

Deixe seu comentário