Crescimento em pesquisas de Marília Arraes é balde de “água fria” na cúpula do PT em Pernambuco

O crescimento da vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), tem pressionado a cúpula coronelista da executiva estadual sobre a pré candidatura própria da legenda do Partido dos Trabalhadores ao Governo de Pernambuco.

Nessa sexta-feira, dia 26, o Instituto Múltipla divulgou nova pesquisa eleitoral, avaliando os cenários políticos da corrida ao Palácio do Campo das Princesas. Nessa nova rodada de sondagem, a neta de Miguel Arraes aparece com 14,5% das intenções dos voto,como balde de água fria na cúpula do PT  em comparação com a anterior, ela cresceu cinco pontos percentuais – na anterior Marília Arraes obteve 9,6%.

Apesar das dificuldades enfrentadas para consolidar o seu nome dentro da Executiva do PT em Pernambuco, Marília Arraes, se encostou no Governador Paulo Câmara (PSB), que obteve 16% das intenções de votos, ante aos 18,7% da pesquisa anterior.

O lastro eleitoral que está se formando, em torno da pré-candidata petista, tem preocupado o clã socialista, além do bloco da oposição, pois, Marília aparece com chances reais de disputar um segundo turno, onde pode concorrer diretamente, tentando aglutinar forças em torno de uma vitória que seria histórica para os petistas, dada a circunstância caótica que vivencia a legenda, devido a perseguição política ao líder-mor, ex-presidente Lula.

O resultado da pesquisa divulgada, ontem, fortaleceu o nome da neta de Arraes e apontou crescimento político dos petistas na corrida eleitoral. Além disso, os números divulgados acabam, mais uma vez, forçando a legenda a tomar uma decisão um pouco mais rápida sobre os quadros que disputarão as eleições no estado.

Neste sábado, dia 27, no Ginásio Egidio Torres de Carvalho, a partir das 15h, Marília Arraes (PT) terá sua pré-candidatura lançada em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, com o apoio do prefeito Luciano Duque (PT) e outras lideranças. As apostas serão feitas e a largada política do Partido dos Trabalhadores acontecerá, oficialmente, ao Governo do Estado.

Esse ato, juntamente, com a pesquisa eleitoral deverão complicar ainda mais a vida do senador Humberto Costa (PT); presidente da legenda, Bruno Ribeiro e o ex-prefeito do Recife, João Paulo, sobre a candidatura da neta de Arraes ao Governo de Pernambuco. Enquanto isso, Marília continua percorrendo o estado e aumentando sua base política para as eleições. (Blog do Robério Sá)

Deixe seu comentário