Camacã recupera estradas vicinais com apoio do Governo do Estado

A cidade de Camacã, no território Litoral Sul, foi um dos municípios que sofreram com as fortes chuvas que atingiram a Bahia no final de 2021. Para mobilizar com rapidez as comunidades rurais atingidas e dar trafegabilidade aos agricultores e agricultoras familiares, Camacã foi uma das primeiras a acessar os recursos disponibilizados pelo Governo do Estado e já iniciou a recuperação das estradas vicinais.

O prefeito Paulo Cézar Bonfim, conhecido como Paulo do Gás, presente em reunião junto ao chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Jeandro Ribeiro, nesta terça (25), destacou a importância do apoio finnaceiro no valor total de R$ 80 mil.

“Estamos avançando de forma célere na recuperação das estradas vicinais após as fortes chuvas que tivemos. Agradeço à SDR por termos sido imediatamente atendidos, o que nos possibilitou locar mais uma máquina, algo inédito, por conta desse apoio. Essas estradas, além de possibilitar o tráfego de carros e pessoas, vão facilitar o escoamento da produção agrícola, inclusive de alimentos perecíveis, já que tem pessoas que precisam transportar leite e outros produtos que precisam chegar de forma rápida, para que não se percam”.

No total, estão sendo destinados pelo Governo Estado R$14 milhões para beneficiar os municípios baianos sob decreto emergencial para aquisição e locação de máquinas e combustíveis. Os convênios são assinados entre as prefeituras municipais e Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à SDR, com o apoio dos consórcios públicos. Os valores de cada convênio com as prefeituras variam entre R$ 50 mil e R$ 120 mil, a depender da extensão territorial.

Feira de Panelinha 

Na ocasião, o secretário de Agricultura do município de Camacã, Everton da Silva, valorizou a parceria junto à SDR também para as obras do novo mercado municipal do Distrito de Panelinha, que será inaugurado de forma definitiva neste sábado (29).

“Eu, sendo morador, nascido e criado no distrito, já sabia dessa necessidade antiga, desse anseio do povo por uma condição melhor, sendo que Panelinha está situada em uma zona cercada por produtores, pequenos agricultores que necessitam desse suporte e de um local adequado para vender os seus produtos.”

Neste novo centro de comercialização, localizado às margens da BR-101, os aportes do governo do Estado foram para instalação de 70 novas barracas para os feirantes, qualificadas e com condições hidrossanitárias e de iluminação dignas para apresentação dos produtos.


Assessoria de Comunicação SDR/CAR 

Deixe seu comentário