Comissão de saúde da Câmara de Vereadores visita às UBSs da área ribeirinha de Petrolina

A Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Petrolina esteve neste sábado (15 de maio) vendo de perto a realidade das Unidades Básicas de Saúde (UBS) da área ribeirinha, do município de Petrolina. As visitas que tiveram início no Serrote do Urubu e foram encerradas em Izacolândia atendo ao convite do vereador Elismar Gonçalves (Podemos).

De acordo com o presidente da Comissão de Saúde, vereador César Durando (DEM) o objetivo das visitas é verificar o funcionamento das unidades de saúde, bem como, os serviços ofertados a população. Além disso, o parlamentar  argumenta ser um momento no qual os vereadores exercendo seus papéis de fiscalizadores do Poder Público, conversaram também com responsáveis pela referidas unidades e anotaram as demandas que servirão de bases para o relatório que será elaborado e entregue ao prefeito Miguel Coelho e a secretaria municipal da saúde.

Algumas situações encontradas nas visitas às UBS da Área Ribeirinha:

Serrote do Urubu

Foi constatado que o prédio que sedia a unidade de saúde tem infraestrutura antiga e precisa de reformas. O referido espaço foi construído em 1999, as instalações são pequenas em razão da demanda ser muito grande, pois atende pacientes do Serrote do Urubu além de outras comunidades circunvizinhas  e funciona só um ponto de apoio.

Das reclamações da comunidade destacam que: o espaço físico da parte interna da unidade de saúde tem apenas uma sala para o dentista e a outra para atendimento médico. Informaram ainda que tem atendimento médico do NASF, uma vez por mês, e quando eles precisam ser consultados, a médica da unidade de saúde tem que ceder a sala.

Outro problema apontado é que as pessoas quando vão à procura de atendimento médico, não há espaço para esperar na parte interna e ficam do lado de fora expostos ao sol e sem lugar para sentar, reclamam ainda que por lá existe apenas uma equipe médica.

Comunidade de Pedrinhas

Funciona apenas um ponto de apoio, já que a médica vai atender  uma vez por semana, mas tem uma técnica de enfermagem e uma enfermeira, que atendem diariamente.

Mas a comunidade cobrou melhorias na Unidade de Saúde ressaltando que as instalações físicas estão ruins; o prédio precisa de reforma, a caixa de água está quebrada, só tem água quando vem da rua; o banheiro está quebrado, faltando à caixa de descarga.

Comunidade de Nova Descoberta

Apesar de o prédio ser antigo, já que a unidade de saúde segundo informações e do tempo do prefeito Diniz Cavalcante, passou por reformas e é bem estruturado. Tem duas equipes médicas, consultório odontológico, e instalações amplas.

A principal reivindicação foi em relação às vacinas, para haver um melhor controle na programação para atendimento as pessoas. Estava sendo mensal, baixou para 15 dias, mas está ficando muita gente sem vacinar. Disse que alguns moradores do interior não tem dinheiro para irem tomar vacinas na cidade. A coordenadora informou que receberam um congelador novo para armazenar as vacinas e que a unidade dispõe de testes para o covid-19.

Outra reivindicação da comunidade é com relação ao horário de atendimento da UBS, pois,  os atendimentos são até as 14h, e muitos trabalhadores não conseguem consultas, pois eles saem cedo para o trabalho nas fazendas e voltam no final da tarde. Sugerem atendimento noturno.

Reclamaram ainda que não tem vigilantes na UBS, e têm locais com utensílios domésticos e equipamentos médicos, e ainda computadores, impressoras e outros, se tornando alvo para furtos e assaltos.

Projeto Bebedouro

A unidade de saúde está funcionando provisoriamente num prédio cedido pela cooperativa a Cambib. A UBS da comunidade começou a ser reformada em 2017, porém a obra parou, e segundo o vereador Elismar Gonçalves, a secretaria de saúde disse que o processo de reforma está sendo licitado.

Comunidade de Izacolândia

A UBS de Izacolândia é a maior de todas, a sua estrutura física e de profissionais de saúde é ampla, e atende toda a demanda da comunidade e das localidades do entorno, e até atende a pacientes da cidade vizinha, Lagoa Grande.

A unidade de saúde tem três equipes médicas, e dois consultórios odontológicos, tem uma programação para aplicação de vacinas, e faz também testes rápidos do COVID-19.

Ao final das visitas, o vereador Elismar agradeceu a presença de todos e disse que “ver de perto as instalações e o funcionamento das unidades de saúde, ouvir as pessoas, responsáveis e as reivindicações da população servirão de base para buscar junto a prefeitura de Petrolina melhorias ao atendimento à população”.

Para o vereador César Durando é muito importante a visita da Comissão de Saúde as referidas UBS: “Essas informações constatadas e anotadas por nós (da Comissão) serão ilustradas num relatório que estamos elaborando e que serão encaminhadas as autoridades competentes. Ouvindo a comunidade e os responsáveis pelas unidades, fica mais fácil a gente conseguir a execução de ações dos gestores em busca das melhorias em prol da comunidade”.

Deixe seu comentário