Diretoria do STTAR Petrolina visita fazendas e identifica descumprimento da Convenção Coletiva

Nesta sexta-feira (13), a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Petrolina completa o primeiro mês de mandato com diversas ações já realizadas. Desde o início das atividades, os diretores estão percorrendo as fazendas do município para ouvir as demandas dos trabalhadores e repassar informações relativas aos direitos e também para informar sobre os serviços ofertados pelo STTAR Petrolina.

Nas visitas foi identificado o descumprimento de cláusulas da Convenção Coletiva, como a falta de áreas para refeição e descanso dos funcionários; ausência de bebedouros com água potável em alguns pontos das fazendas; o não cumprimento da pausa de 10 minutos a cada quatro horas de trabalho para os funcionários que exercem função em pé; problemas no acesso aos transporte dos trabalhadores, além da dificuldade para os funcionários esquentarem a refeição que levam para o local de trabalho.

“Esse trabalho de escuta tem o objetivo de identificar as demandas mais urgentes em cada empresa, para dialogar com os patrões. Uma vez que o trabalhador confia no sindicato, a entidade fica cada vez mais forte para lutar por melhores condições de trabalho, tendo como norte a nossa Convenção Coletiva”, justificou a presidente Maria Joelma, acrescentando que caso as empresas onde os problemas foram detectados não solucionem as demandas, o sindicato vai denunciar cada caso ao Ministério do Trabalho.

Volta do Centro Médico do STTAR Petrolina

Além de conversar com os trabalhadores assalariados, durante as visitas, a diretoria do STTAR também está informando sobre o retorno dos atendimentos no Centro Médico, que funciona na sede do sindicato. A partir da próxima segunda-feira (16), os agendamentos para consultas serão iniciados.

“O atendimento está sendo retomado com mais um compromisso de campanha da nossa diretoria, que é a Sala de Fisioterapia. Estamos ampliando o serviço médico com o trabalho de um fisioterapeuta que vai justamente atender os trabalhadores que desenvolveram problemas no ambiente de trabalho, como a LER (Lesão por Esforço Repetitivo). Essa é mais uma forma de garantir mais qualidade de vida para o nosso associado”, anunciou o diretor de Saúde do Trabalhador e Meio Ambiente do STTAR, Antônio Nilson.

Para agendar consultas e exames, o associado deve ligar para o telefone 3861-7888. O agendamento é feito de segunda a sexta-feira, a partir das 7h da manhã, exclusivamente pelo telefone.

Deixe seu comentário