Dom Francisco concede coletiva a imprensa e afirma que Palácio Diocesano não será tombado

Na primeira coletiva como novo bispo de Petrolina, Dom Francisco Canindé Palhano conversou com os profissionais da imprensa e apresentou dados das novas ações que serão realizadas na igreja durante a sua missão na Terra dos Impossíveis.

Questionado sobre os destinos da área ao entorno do Palácio Diocesano, no Centro de Petrolina, que passou por momentos turbulentos em 2017: o espaço serviria de sede do Shopping Popular Dom Malan, gerando centenas de empregos, mas teve a obra suspensa. O governo de Pernambuco quer tombar a área como patrimônio do estado.

“Não haverá tombamento, não haverá construção. Nós queremos preservar, restaurar esse patrimônio que é da igreja, que é da cidade, que é da história que nós temos”, afirmou o religioso.

Dom Francisco pediu a imprensa que em nome da ética profissional, promova mais apuração dos fatos que serão transformados em notícia, para evitar distorções das informações.

Deixe seu comentário