Eleições 2022: Disputa poderá unir pela primeira vez em Serra Talhada, Sebastião Oliveira e Luciano Duque numa dobradinha para a Câmara e Alepe

Ex-prefeito Luciano Duque, Serra Talhada

A cidade de Serra Talhada, no sertão do Pajeú pernambucano, poderá unir nas eleições de 2022 dois adversários tradicionais na cidade. O atual deputado federal Sebastião Oliveira (Avante) e o ex-prefeito Luciano Duque que integra o Partido dos Trabalhadores que saiu bem avaliado da Prefeitura, elegeu a sucessora e deve ter uma das melhores votações caso busque a disputa para a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) ano que vem.

Mesmo Duque tendo tido uma importante parceria com o deputado federal Fernando Monteiro, PP, a cidade, o setor econômico da ‘capital do sertão do Pajeú  e os eleitores das duas principais figuras da política local, têm cobrado essa união.

Luciano Duque fez questão de frisar numa entrevista ao Portal Farol de Notícias, de Serra, na TV Farol, canal do youtube do site, que tem recebido acenos de empresários da cidade e região para que a dobradinha Sebastião/Duque prospere.

Deputado Federal Sebastião Oliveira

O ex-prefeito disse que sempre teve muito respeito pelo deputado federal Sebastião Oliveira e reconhece seu trabalho, mesmo estando até então em campos opostos.

Caso a parceria de Luciano Duque com Sebastião Oliveira se efetive quem vai perder uma importante base no sertão é o deputado Fernando Monteiro que foi ajudou Duque em suas administrações como prefeito de Serra Talhada.

“Seria bom se que (Sebastião) tivesse sido mais parceiro do meu governo, mas reconheço que ele ajudou bastante na vinda do Hospital Geral do Sertão que deixará Serra Talhada na vanguarda, se transformando num dos principais centros de saúde do estado. Também a vinda do aeroporto teve a participação dele”, sinalizou Luciano Duque com esta e muitas outras declarações que tem movimentado a política serratalhadense e sertaneja um ano antes praticamente da concretização das candidaturas do pleito 2022.

Deixe seu comentário