Hospital Dom Malan reforça importância da Higienização das Mãos

Nunca se ouviu falar tanto em higienização das mãos como neste período de pandemia. Mas, o bom hábito faz parte da 5ª meta de Segurança do Paciente, sendo, portanto, obrigatório em todos os serviços de saúde. Para orientar e reforçar a importância da correta higienização das mãos, no Hospital Dom Malan são realizados treinamentos periódicos com foco na equipe multidisciplinar.

Agora em julho o Núcleo de Segurança do Paciente, a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e o Núcleo de Educação Permanente, juntos, estão ofertando mais um desses momentos de aprendizado e sensibilização. O treinamento teve início no dia 19 e encerra no final do mês (29), abordando assim toda a equipe de enfermeiros e técnicos.

“Neste momento, estamos envolvendo somente os profissionais da área de enfermagem. A falta da higienização ou a higienização incorreta está diretamente ligada às infecções relacionadas à assistência à saúde, que são aquelas que os pacientes podem adquirir através dos procedimentos de monitorização e tratamento realizados neles dentro de um hospital ou serviço de saúde”, esclarece a enfermeira gerente do Núcleo de Segurança do Paciente, Djenane Cristovam.

Para tornar o momento mais lúdico, os instrutores do curso elaboraram uma dinâmica com tinta fluorescente. “Após higienizar as mãos com álcool contendo essa tinta especial pedimos para que eles as colocassem em uma caixa com luz azul. O brilho da tinta mostrava se as mãos tinham sido corretamente higienizadas ou não. Desse modo, reforçamos a técnica e a segurança do paciente”, complementa.

A correta higienização das mãos é composta de 10 passos:

1 – Molhe as mãos com água.

2 – Aplique na palma das mãos a quantidade suficiente de sabão líquido para cobrir toda a superfície.

3 – Ensaboe as palmas das mãos, friccionando-as entre si.

4 – Esfregue a palma da mão direita contra o dorso da mão esquerda, entrelaçando os dedos e vice-versa.

5 – Entrelace os dedos e friccione os espaços interdigitais.

6 – Esfregue o dorso dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta, segurando com os dedos, com movimentos de vai-e-vem.

7 – Esfregue o polegar direito, com o auxílio da palma da mão direita, utilizando-se do movimento circular e vice e versa.

8 – Friccione as polpas digitais e unhas da mão esquerda, fazendo movimentos circulares.

9 – Enxague bem as mãos com água.

10 – Seque as mãos com papel toalha descartável.

Vale lembrar que a higienização das mãos também pode ser feita com álcool a 70% e que o método também faz parte do combate ao novo Coronarívus.
Deixe seu comentário