Operação da Polícia Federal mira Prefeitura de Petrolina e gestão presta esclarecimentos em nota

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta terç,a 13, 33 mandados de busca e apreensão em investigação sobre esquema de corrupção e lavagem de dinheiro na prefeitura de Petrolina, comandada por Miguel Coelho, filho de Fernando Bezerra, líder do governo Bolsonaro no Senado.

A investigação mira desvios na compra de kit escolar pela Secretaria de Educação, entre 2015 e 2020, com recursos do Fundeb.

Os contratos sob suspeita somam R$ 20 milhões. Assessores do prefeito são suspeitos de participação no esquema.

Em nota a Prefeitura esclarece que apoia as investigações.

Confira a nota:

NOTA – OPERAÇÃO CONTRASSENSO/PREFEITURA DE PETROLINA

Firme em seu compromisso com a transparência, a Prefeitura de Petrolina (2017/2021) cumpre rigorosamente os ditames legais e tem feito todos os esforços necessários para contribuir com as investigações em curso, que se referem a fatos e contratos registrados desde 2015.

Os documentos e materiais solicitados foram disponibilizados. A prefeitura mantém-se à disposição para prestar todos e quaisquer esclarecimentos adicionais.

Deixe seu comentário