Prefeito Rafael é criticado por não construir hospital de campanha em Afrânio e é recomendado a copiar modelo de Lagoa Grande-PE

“Em Afrânio, a prefeitura separou as cinco primeiras salas, para ali manter os munícipes que venham a ser infectados (com o coronavírus) ”, é dessa forma que o Professor Enos André, critica a atuação do prefeito Rafael Cavalcanti, que na opinião dele parece que ainda não entendeu o impacto causado pela Covid-19, na população.

Na sua postagem no Facebook, o educador destaca ainda que ficou entusiasmado com o vídeo elaborado pela prefeitura de Lagoa Grande que mostra o hospital de campanha que o gestor de lá fez para atender os lagoagrandenses. Ele aproveitou e criticou a inoperância do prefeito Rafael:

“É impressionante observar como é o cuidado dessa gestão (Rafael Cavalcanti), que muito prometeu e pouco fez pela população”, alfinetou.

A cidade de Lagoa Grande, no sertão de Pernambuco, registrou até quinta-feira (19), 4 casos confirmados de coronavírus. Já em Afrânio, a prefeitura diz que só registrou até agora, um caso da doença.

Deixe seu comentário