Primeiro prefeito reeleito Wilker faz história em Casa Nova

Confirmando as pesquisas que já o indicavam como reeleito, Wilker Torres (PSB), foi reeleito com 44,69%, que corresponderam a 19.634 votos, contra 35,21, 15.471 votos do seu adversário do PSDB, Anísio Viana.

Além de ter derrotado Anísio Viana, em uma estratégia que combinou um grande trabalho no interior do município nos quatro de mandato, parceria incondicional com o governador Rui Costa e ações próxima às eleições na cidade, Wilker Torres, contou com a manutenção da candidatura de Galdino Araújo, um neófito em política que arrebanhou 8.654 votos, 19,70% de insatisfeitos com a administração, garantindo a fatura.

Um aspecto que salta à vista na análise do resultado eleitoral é que “ele passou o rodo”, na expressão de um dos seus mais próximos colaboradores; em todos os vereadores que fizeram oposição para valer nos quatro anos: Não se reelegeram Alex de Santana, Ademir Cota e a Nicinha Xavier.

Foram rifados ainda Elber do Né, Cacado, Vanderlim e João Honorato, todos tidos e havidos como vereadores atuantes, mas, que em determinado momento abandonaram o prefeito.

O novo mandato vai contar com vereadores novatos e inexperientes, como Pinto Filho e Ygor do Caldo e com a experiência de Patrick e Uilian, o primeiro excelente articulador e o segundo excelente orador e uma velha raposa política, Zé Eduardo. Entre os 15 eleitos há 4 mulheres.

A relação completa dos eleitos:

Patrick – PSB – 1.423 votos

Ygor do Caldo – PSB – 1.383

Vilma do Galego – PSDB – 1.334

Cida da Saúde – PSB – 1.125

Uilian Pereira – PT – 1.099

Armando Lopes – PSB- 1.048

Pinto Filho – PDT – 967

Zé Eduardo – PSDB – 937

Professor Bodinho – PT – 890

Célio Bodão – PSD – 889

Luiz Rezende – PODE – 865

Dani Guerreira – PL – 859

Paulo Sergio – PL – 830

Lucia do Posto – PSD – 757

Roberto da Chapada – PSD – 737

Deixe seu comentário