PT adia definição sobre rumo do partido nas eleições em Pernambuco

Conforme Resolução Nacional aprovada nesta sexta, 20, pela executiva estadual do Partido dos Trabalhadores, fica para 2 de agosto, a realização do Encontro Estadual que irá escolher o candidato ou candidata da sigla ao governo do estado ou se a opção que vingará será a aliança com o PSB. A data anterior seria entre 27 e 29 de julho.
Existem duas candidaturas inscritas no PT/PE: a vereadora do Recife, Marília Arraes e o militante, José de Oliveira.  “Por isso se faz necessário para escolha, conforme o cumprimento dos incisos, do Artigo 154° do Estatuto e recurso apresentado à executiva estadual do PT de Pernambuco”, relata a nota.
Zé de Oliveira, um dos pré-candidatos para a escolha do partido na disputa estadual, encaminhou um abaixo-assinado para o presidente Bruno Ribeiro, solicitando o cumprimento da democracia interna do PT, um dos diferenciais do partido, e assegurando o direito de seus integrantes a disputas, levando para os filiados as definições quando existir disputa de nomes para representar a sigla em processos eleitorais.
“O debate democrático e progressivo do PT está ancorado à luz do estatuto do partido”, argumenta Zé de Oliveira no documento.
Deixe seu comentário