“R$ 5 milhões já foram investidos no Hospital Universitário de Petrolina para o combate à pandemia”, diz Ebserh

Depois de passar 17 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinada aos atendimentos de pacientes com Covid-19, Luciano Rodrigues venceu a batalha pela vida. Com um problema cardíaco antigo, o paciente sofreu duas paradas cardiorrespiratórias e, com muito empenho da equipe, que não desistiu em nenhum momento, ele retornou à sua família, emocionado. “Não vamos falar de sofrimento não. Vamos falar do atendimento e cuidado que tiveram comigo”, ressaltou Luciano, tranquilamente, na cadeira de balanço de sua casa, junto de seus familiares.

Rodrigues foi atendido no Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco, vinculado à Rede Ebserh (HU-Univasf/Ebserh). A estatal já destinou mais de R$ 5 milhões para a atuação da unidade hospitalar no combate ao coronavírus, sendo R$ 3,9 milhões para aquisições de equipamentos de infraestrutura e materiais médicos, além da contratação de 189 profissionais de saúde temporários, que impactaram a folha de pagamento, apenas no mês de julho, em mais de R$ 1,2 milhão. Os recursos e as contratações resultaram na estruturação de 20 leitos de UTI para pacientes com Covid-19, como o Luciano, onde já foram atendidas 71 pessoas das 111 já acolhidas pelo hospital em decorrência do novo coronavírus. Os outros 30 pacientes com Covid foram atendidos de forma ambulatorial.

Além disso, o HU-Univasf/Ebserh continua realizando assistência aos casos de urgência e emergência de média e altas complexidades em ortopedia, neurocirurgia, entre outras especialidades. De janeiro a maio deste ano, foram 13.687 atendimentos. A UTI Covid apresenta, até agora, uma taxa de ocupação em torno de 60%, o que mostra que a unidade está dentro da normalidade de seus atendimentos e preparada para possíveis contingências.

“O valor expressivo aplicado demonstra o empenho que o HU e a Ebserh vêm dedicando ao combate à Covid-19. Estamos, cada vez mais, reforçando o lugar de destaque que o nosso hospital tem na assistência à saúde da população do Vale do São Francisco”, afirmou o superintendente do HU, Itamar Santos.

Aquisições

A UTI Covid possui equipamentos modernos e adequados para atender às necessidades dos pacientes contaminados com o Coronavírus. Até agora, foram investidos mais de R$ 800 mil para adquirir respiradores, monitores multiparamétricos, equipamentos de infraestrutura, entre outros.

Em relação a insumos hospitalares, a unidade precisou aumentar o seu estoque de diversos itens, a exemplo de medicamentos, materiais médicos, além do suprimento de oxigênio. O valor destinado para esses itens é de aproximadamente R$ 3 milhões, desde o início da pandemia. Para a segurança de profissionais e pacientes, também houve um importante acréscimo na aquisição de equipamentos de proteção individual (EPIs). Foram adquiridos, por exemplo, quase 6 mil aventais, mas de 380 mil luvas, e mais de 240 mil máscaras e protetores faciais.

Recursos humanos

Para os atendimentos também são necessários profissionais qualificados, e com o aumento da demanda, a Ebserh realizou, em caráter emergencial, dois processos seletivos simplificados com a disponibilização de 196 vagas para o Hospital Universitário de Petrolina. A iniciativa possibilitou a contratação de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, entre outros profissionais. O reforço de pessoal já contabiliza 189 contratados das 196 vagas disponibilizadas, o que também demandou um incremento na folha de pagamento do hospital. Apenas no mês de julho, o acréscimo relativo a pagamento de salários e encargos trabalhistas chegou a R$ 1,2 milhão devido as contratações emergenciais.

Deixe seu comentário