Ronaldo Cancão afirma que Terras do Sul teve uma regularização de ‘mentirinha’ no passado, mas Miguel irá entregar 1.440 escrituras em bairros de Petrolina

Em mais uma transmissão remota respeitando as determinações sanitárias vigentes neste período da pandemia do novo Coronavírus, o blogueiro Ricardo Banana, conversou na noite desta segunda (3), com o vereador e vice-presidente da Câmara Municipal – Ronaldo Cancão (DEM). Na entrevista, diversos temas pertinentes da geografia de Petrolina foram debatidos, em uma hora de live via o Instagram @blogdobanana. Entre os assuntos, destaque para a tão esperada Regularização Fundiária de alguns bairros de Petrolina. Comunidades que nasceram da iniciativa popular e que esperam da prefeitura há 15 anos, a escritura dos imóveis.

Para o parlamentar, que é um dos defensores do Projeto de Lei do Legislativo petrolinense, que assegura a Regularização Fundiária de alguns bairros como São Jorge, São Joaquim, Mandacaru, Terras do Sul, entre outros, agora as escrituras sairão do papel com o apoio da força política propagada pelo Poder Público Municipal.

Com relação ao Bairro Terra do Sul, Cancão ressaltou que a comunidade tivera na gestão passada, administração do prefeito Julio Lossio (PSD), uma regularização fundiária de ‘mentirinha’:

“E depois 1.400 famílias foram entregues os terrenos e teve uma área remanescente com 445 lotes que estava ainda à disposição do governo. Fizeram um verdadeiro leilão nessas áreas, fiz imagens e entreguei uma peça jurídica de denúncia sobre o Terra do Sul, para o MP (Ministério Público), e está a cargo da justiça”, enumerou.

Para Ronaldo Canção, o trabalho conjunto entre Câmara e Prefeitura a partir de um levantamento da atual gestão começa a dar esperança a algumas comunidades que devem receber as escrituras dos imóveis em breve.

“Com certeza o prefeito Miguel Coelho, vai ter a oportunidade de entregar as escrituras das 1.440 famílias que vivem em parte do Mandacaru, São Joaquim e São Jorge”.

 

Deixe seu comentário