Secretário de Planejamento e Gestão comanda reunião do Comitê Gestor do Pacto pela Vida

Equipe de gestores da Seplag criou ferramenta que monitora resolução de inquéritos

O secretário de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, comandou a 18ª reunião de 2020 do Comitê Gestor do Pacto pela Vida, nesta quarta-feira (23), junto com secretário de Defesa Social, António de Pádua. O monitoramento acontece semanalmente na sala de controle da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). Neste período de distanciamento social e cuidados com a Covid-19, a reunião acontece de forma híbrida, com o mínimo de pessoas presencialmente e a maioria participando por videoconferência.

Na ocasião, foram monitorados os números do combate à violência nas Diretorias do Interior I e II (Dinter I e Dinter II), que correspondem às Áreas Integradas de Segurança (AIS) 11, 15, 18, 21, 23 e 24. Todo o interior do Estado foi contemplado na reunião que analisou os resultados de cada AIS e apontou os caminhos para alcançar as metas estabelecidas de redução para o mês de setembro.

No Pacto pela Vida, todas as forças de segurança pública do Estado se juntam a outros atores para fazer uma abordagem sistêmica do problema da violência. Alexandre Rebêlo destaca esse caráter integrativo do Pacto pela Vida. “Temos uma política pública de segurança que nos permite trabalhar de forma integrada com as mais diversas secretarias do estado, além de atuar em conjunto com os demais poderes. A atuação transversal do Pacto pela Vida é fundamental para que os bons resultados aconteçam”, afirmou o secretário.

Pâmela Alves, secretária executiva de Gestão por Resultados da Seplag, auxilia Alexandre Rebêlo na condução da reunião e coordena uma equipe de gestores governamentais da Seplag que compõe o Núcleo de Gestão por Resultados (NGR-SDS). O Núcleo de especialistas em gestão trabalha diretamente na Secretaria de Defesa Social, desde 2010, e contribui, entre outras ações, para a construção de planos de curto, médio e longo prazo que visam à redução dos números da violência no estado.

“Recentemente, a equipe do NGR-SDS criou uma ferramenta de monitoramento espacial das resoluções de inquéritos por Áreas Integradas de Segurança. O acompanhamento agora é feito de forma mais rápida e com um recorte regionalizado. Este é só um exemplo de como o Núcleo de Gestão por Resultados na Defesa Social contribui para a redução dos índices de violência no Estado”, afirmou a secretária executiva.

Números de agosto – Os últimos números oficiais divulgados pela SDS apontam para uma redução tanto dos crimes violentos letais intencionais (CVLIs)- homicídios, quanto dos crimes violentos contra o patrimônio – roubos (CVP). Agosto apresentou uma redução de 2,9% nos CVLIs em relação ao mesmo período de 2019. Foi o mês de agosto que registrou menos homicídios nos últimos seis anos. Com relação aos CVPs, chamou atenção o caráter contínuo da redução. Já são três anos seguidos de diminuição dos roubos.

Deixe seu comentário