Servidores do sistema socioeducativo retomam capacitações em Pernambuco

O Governo de Pernambuco retoma, nesta segunda-feira (3), projetos de capacitação voltados a funcionários do sistema socioeducativo. Os cursos, que ocorrerão de forma online, com certificação do Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos (Cefospe), atenderão, inicialmente, 114 profissionais, entre agentes socioeducativos, técnicos e gestores responsáveis pelo atendimento a adolescentes em internação provisória e em cumprimento de medidas socioeducativas no Estado. As iniciativas ainda compreendem a divulgação de vídeos sobre temas importantes do universo do trabalho, como saúde mental, motivação e estresse.

O curso que começa nesta semana é o de Inteligência Emocional, na modalidade educação a distância (EAD). Participarão 50 agentes lotados em dez unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). Na próxima segunda (10), outra turma terá início, desta vez, com 30 alunos, entre técnicos e gestores, para ampliar conhecimentos sobre o tema “Comunicação Assertiva”. Já no dia 17, será retomada a capacitação específica para agentes socioeducativos, que costumava ocorrer de forma introdutória à contratação e, temporariamente, passará a ser ministrada como uma formação continuada. A primeira turma terá 34 alunos.

As capacitações estão sendo articuladas pela Superintendência Geral de Gestão do Trabalho e Educação da Funase, por meio da Assessoria Técnica de Gestão de Pessoas. A mesma equipe também está responsável pela produção de vídeos temáticos voltados aos funcionários, um formato alternativo à realização de ciclos de palestras presenciais, que faziam parte do calendário das ações de valorização dos servidores da instituição antes da pandemia da Covid-19. O material, com conteúdos ministrados por psicólogos, pedagogos e assistentes sociais que trabalham com gestão de pessoas na Funase, terá periodicidade quinzenal e poderá ser acessado por toda a sociedade no site funase.pe.gov.br e nas páginas da instituição no Facebook, Twitter e Instagram (@funasepe).

A superintendente geral de Gestão do Trabalho e Educação da Funase, Nadja Oliveira, afirma que as ações previstas têm o objetivo de abordar temáticas importantes para a realidade de trabalho na instituição, considerando que se trata de um serviço essencial e que não foi paralisado durante a pandemia.

“Agradecemos e reconhecemos a dedicação de cada pessoa que atua na Funase. Nesses últimos meses, trabalhamos muito para manter o funcionamento das atividades essenciais do órgão. Agora, estamos retomando nossas ações de capacitação de forma adaptada a essa realidade, como gesto, também, de valorização”, declara.

No mesmo sentido, a assessora técnica de Gestão de Pessoas da Funase, Alexandra Wanderley, explica que esse processo de adaptação envolveu o treinamento de servidores da instituição que atuam como instrutores e facilitadores internos.

Deixe seu comentário