Luis Felipe Miguel critica “indigência mental” de Bolsonaro

As décadas passaram e ele não mudou nada.

O que impressiona não é só o reacionarismo extremo. É a indigência mental, a desinformação, a incapacidade de participar de um debate, de construir um argumento.

Bolsonaro discute política como se fosse um pré-adolescente não muito dotado lançando provocações.

O triste é que, em certos ambientes, isto não é uma desvantagem, antes pelo contrário. (Por Luís Felipe Miguel, no Facebook)

Deixe seu comentário