Oscar Barreto solicita reunião para debater articulações de Marília

Insatisfeito com as movimentações da vereadora do Recife Marília Arraes (PT), que é pré-candidata ao Governo do Estado, Oscar Barreto, membro da Comissão Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), solicitou uma reunião do grupo para “discutir e deliberar” sobre os fatos recentes. O documento é direcionado ao presidente estadual da sigla, Bruno Ribeiro, e ao secretário-geral, o ex-prefeito João da Costa.

Leia também:
João Fernando Coutinho declara apoio a Marília

Para Barreto, que também critica dirigentes partidários, afirma que o grupo tenta passar por cima da legenda, “decide aliança com o Partido Avante e já fecha chapa do Senado”, “rompendo com o processo democrático do partido”.

As críticas de Oscar Barreto ao processo não são as únicas. Neste domingo (22), Dilson Peixoto, membro da Executiva Estadual, repudiou as articulações feitas por Marília. Por meio de nota, Peixoto criticou uma reunião da pré-candidata, na qual teria sido fechado o apoio do PROS.

Entre os pontos, ele destacou que: “O objetivo explícito de constranger a presidenta do PT, Gleisi Hoffman, que articula (em nome do presidente Lula e da Direção Nacional) uma aliança envolvendo o PSB e o PCdoB e por tabela, procura-se desmoralizar a direção estadual do PT na medida em que esses acordos são construídos, consolidados e anunciados sem qualquer discussão nas instâncias do partido”. (Blog da Folha)

Deixe seu comentário