Paralisação dos caminhoneiros segue em 14 estados e no DF

Apesar do anúncio da redução de R$ 0,46 no preço do litro do óleo diesel, além de outras concessões feitas pelo governo Michel temer, os protestos dos caminhoneiros entram em seu oitavo dia com bloqueios em pelo menos 14 estados e no Distrito Federal.

Segundo as entidades ligadas ao setor e também aos caminhoneiros autônomos a expectativa é que os bloqueios sejam reduzidos no final da tarde desta segunda-feira (28), quando a informação sobre o acordo chegue aos caminhoneiros. Ao mesmo tempo, as forças de segurança continuam realizando a escolta de caminhões tanques.

Os protestos continuam nos Estados de Alagoas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

Em muitas cidades, a frota de ônibus segue reduzida e as aulas foram suspensas e o serviço púbico não essencial também foi reduzido ou suspenso. O abastecimento de supermercados e feiras livres também segue com dificuldades e muitos estabelecimentos estão limitando a quantidade de produtos vendidos aos clientes. (247)

Deixe seu comentário