Preço do feijão sobe quase 50% no ano, segundo IBGE

O preço do feijão acumula alta de 49,25% no ano, enquanto o preço do arroz subiu 5,50% em 2012. Os dados da inflação oficial foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (6).

 O feijão mulatinho foi o que registrou a maior alta só este ano: 61,06%. O feijão carioca subiu 58,36% nos cinco primeiros meses. O feijão preto, por sua vez, registrou alta de 25,97% no ano. Já o feijão fradinho ficou 14,04% mais caro até maio.

O preço dos feijões tem subido devido à menor oferta do produto, por causa dos problemas climáticos nas regiões produtoras, que prejudicaram a safra, além da redução da área plantada.

Inflação oficial é a mais baixa desde setembro

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial, teve alta de 0,36% em maio, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quarta-feira (6). Com isso, a inflação ao consumidor desacelera após ter atingido o maior nível em um ano em abril (quando teve alta de 0,64%).

Nos últimos 12 meses, a alta acumulada é de 4,99%. É o resultado mais baixo desde setembro de 2010 (4,70%) e inferior aos doze meses imediatamente anteriores (5,10%), mantendo a trajetória decrescente iniciada de setembro para outubro do ano anterior ao passar de 7,31% para 6,97%. Em maio de 2011, a taxa havia ficado em 0,47%.

No acumulado no ano, o IPCA fechou em maio com alta de 2,24%, bem menos do que os 3,71% relativos a igual período de 2011.

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, afirmou nesta terça (6) que a inflação deve seguir na trajetória de convergência para a meta do governo, que é de 4,5% em 2012.

Fonte: Uol.com

Blog do Banana

Deixe seu comentário