Vereadora Maria Elena lamenta que recursos de obras para saneamento em Petrolina, entejam parados divido o rompimento político da governo municipal com a Compesa

Em sua fala nesta terça, 12, a vereadora Maria Elena Alencar, PRTB, reclamou da problemática das obras de saneamento que há quase um ano após serem dadas ordem de serviço pelo governador Paulo Câmara, PSB, continuam sem serem executadas. Elena frisou que os recursos, algo em torno de R$ 38 milhões, já estão assegurados, depositados na Caixa Econômica Federal.

A parlamentar acredita que o rompimento entre os governos do estado e do município, tem permitido que essas intervenções não ocorram e isso deixa famílias inteiras indignadas, porque pagam caro por um serviço que hoje enxerga apenas o lado político.

“Estive com o gerente regional João Raphael (Compesa) para saber por que essas obras não se iniciam, já que os recursos existem e ele deixou transparecer que realmente a questão política tem atrapalhado. A gente luta tanto, Petrolina está defasada. Fiz o cinturão da cidade onde o saneamento é necessário. Mas chegamos num ponto em que a Compesa não usa os recursos, porque o governo  estadual está de relações cortada com o governo municipal”, revelou Maria Elena.

Elena lembrou que o grupo do senador Fernando Bezerra Coelho fez esforços para a conquista dos recursos, num grande esforço. “O grupo fez todo o esforço no sentido de fazer a celebração desse contrato, mas depois dessas complicações políticas, a Compesa não está buscando fazer a parte dela e a população é quem paga a conta”, lamentou a vereadora.

Deixe seu comentário