Agência Municipal de Vigilância Sanitária de Petrolina divulga resultado das amostras coletadas na Ilha do Rodeadouro

imagemA equipe de profissionais da Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS) e do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) recolheram, na última quarta-feira (09), amostras das fezes dos animais e da areia da Ilha do Rodeadouro para novas análises relacionado à presença da Larva Migrans.

“O intuito é acompanhar o processo de intervenção que foi iniciada no dia 29 de março pelas prefeituras de Petrolina e Juazeiro, a partir da aplicação de cal na areia do balneário, recolhimento de animais errantes e vermifugação dos animais existentes na ilha. Após estas ações, vemos, a partir dos resultados fica evidente que a intervenção realizada está surtindo os efeitos esperados, pois, em nenhuma das amostras foram diagnosticados ovos do parasita, somente a forma adulta”, explicou o diretor-presidente da AMVS Jarbas Costa.

Durante a coleta foram colhidas amostras de fezes de três animais da ilha, sendo uma positiva para a presença da larva adulta, não sendo encontrados mais ovos do Ancylostoma braziliense nas fezes, devido ao processo de vermifugação pelo qual os animais passaram.

Das duas amostras recolhidas da areia das margens de Petroline e Juazeiro e da área central da Ilha, uma foi positiva para á área central e outra para a margem de Petrolina, sendo que em ambas não foram encontrados ovos do parasita, mas a forma adulta.

“Devido aos fatos, orientamos a não circulação de pessoas na ilha até o resultado da realização de novas coletas e análises de amostras das fezes dos animais e da areia, que será realizada na próxima terça-feira, dia 15, em virtude do período de vida da larva adulta corresponder aproximadamente de 15 a 30 dias a depender das condições ambientais”, acrescentou Costa.

Ascom PMP

Blog do Banana

Deixe seu comentário